segunda-feira, 21 de julho de 2008

Uma radiografia de Saturno.

Ao passar diante de uma estrela, o planeta Saturno permitiu que se tirasse uma radiografia de sua atmosfera.

Mesmo com a ajuda de tecnologia avançada, como a das sondas espaciais Voyager, os astrônomos continuam se valendo de técnicas bastante convencionais para desvendar os mistérios do Cosmo. Foi o que aconteceu há poucos meses, durante um raro evento que fez Saturno encobrir momentaneamente uma brilhante estrela. Ao passar na frente dos raios de luz emitidos pela estrela, Saturno permitiu tirar uma pequena radiografia de sua atmosfera. Isso porque, segundos antes e segundos depois da ocultação, a luz emitida pela estrela atravessou a atmosfera do planeta antes de chegar aos olhos dos astrônomos.

Estudando essa luz estelar foi possível descobrir a densidade das camadas de gases que compõem a atmosfera de Saturno. Particularmente a das camadas intermediárias, região que as Voyager — que passaram pelo planeta em 1980 e 1981 — não puderam examinar em detalhe. Com os dados registrados durante esse evento, os astrônomos crêem que agora será possível montar um mapa do planeta com uma precisão de até 2 quilômetros.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget